“Olharmos para o passado não nos resolve os problemas do presente”

O presidente da Comissão Política Concelhia do PSD/Covilhã, diz que lidera um projeto “aberto e inclusivo” e que “não tem nada que ver com os oito anos que passaram”.

179

Luís Santos, o líder dos sociais-democratas na Covilhã pretende com a realização de trabalho aproximar do PSD/Covilhã a sociedade civil, na qual inclui os ex-militantes do partido, com o objetivo de recuperar o eleitorado social-democrata que de 2009 para 2017, ou seja, no espaço temporal de dois actos eleitorais autárquicos, perdeu mais de 15 mil eleitores.

“Depois de oito anos, em que os resultados eleitorais não corresponderam às nossas expectativas, considero que foi o momento certo para colocarmos um ponto final em uma determinada forma de fazer política e nos centrarmos na abordagem do presente e do futuro do concelho da Covilhã e do PSD. Olharmos para o passado não nos resolve os problemas do presente e temos de nos preparar para um futuro que queremos que seja diferente”, afirmou em entrevista ao jornal fórum Covilhã.

“A partir do momento em que o PS consegue eleger cinco vereadores em sete, deixa de ter desculpas políticas”

Sobre a gestão do PS na autarquia covilhanense afirma que “navega à vista, sem planeamento estratégico e sem definir o que pretende para o concelho a médio/longo prazo”. Luís Santos afirma que “a partir do momento em que o PS consegue eleger cinco vereadores em sete, deixa de ter desculpas políticas”. Classifica os seis meses de mandato como “um desastre”, e diz que a Covilhã “irá perder muito por ter abdicado da presidência da Comunidade Intermunicipal”.

Sobre o ato eleitoral de 2021, e questionado se pode liderar uma candidatura à presidência da autarquia covilhanense, Luís Santos é perentório e afirma que no seu horizonte “apenas pretende participar de forma ativa na criação de um projeto, onde o PSD seja um partido líder e possa oferecer ao concelho da Covilhã uma alternativa”.

Leia a entrevista na integra na próxima edição do “fórum Covilhã” »»»

PUBLICIDADE